O Nome da Morte

Filme inspirado em pistoleiro da vida real estreia hoje!

Por Aline Freire / 02 Ago 2018

A partir desta quinta-feira, 02 de agosto, você poderá conferir nos cinemas O Nome da Morte. O filme, dirigido por Henrique Goldman (Jean Charles), é baseado no livro-reportagem do jornalista Klester Cavalcanti, e conta a história de Júlio Santana, um pistoleiro brasileiro que matou 492 pessoas durante sua carreira. 

Marco Pigossi, que estreia no seu primeiro longa-metragem, dá vida a Júlio, um personagem extremamente intenso, forte, e que evolui muito no decorrer da trama. Ele é de família simples, do interior do nordeste, que busca ser alguém na vida, porém, sem acesso a educação e cultura.

Na esperança de ser um policial militar, e trazer uma vida melhor para sua família, Júlio vai morar com seu tio, Cícero (André Mattos), no centro da cidade, mas, chegando lá, as coisas não acontecem como ele pensava. Cícero é um pistoleiro, e, por saber que seu sobrinho é forte, e tem talento com caça, insiste em inseri-lo no ramo. A princípio, Júlio sente-se amedrontado, mas aceita pois sabe que será muito bem remunerado por seus serviços. 

Fazendeiros, bêbados, mulheres, crianças, negros e indígenas fazem parte das vítimas desse homem. No decorrer do filme, ele passa a matar sem medo, sem pena, mas, dentro dele, ainda reina um coração bom, familiar e cheio de carinho para dar. Tanto, que ele se apaixona perdidamente por Maria (Fabíula Nascimento), que conheceu, esporadicamente, em um bar.

Logo Júlio queria construir uma família com Maria. Juntos construiram uma casa, casaram-se, tiveram um filho, e levavam uma vida dos sonhos, mas Maria não sabia da real profissão do marido - ela também acreditava que ele era um militar.

Para saber mais sobre essa história envolvente, que tal ir aos cinemas assistir O Nome da Morte? Esse mês, fizemos uma Entrevista do Mês especial com Marco Pigossi e Fabíula Nascimento, além do escritor da obra Klester Cavalcanti, que falaram um pouco mais sobre a produção. Basta clicar aqui.